sexta-feira, 26 de abril de 2013

Desapega fast-food!

Oi, eu sou a Mari, tenho 19 anos. Estou no segundo ano da faculdade de história e moro em SP.

Vamos nessa...

Bom, no começo do ano eu quis mudar, fazer uma reeducação alimentar, começar a me exercitar regularmente e todas essas coisas que todo gordo um dia diz a si mesmo que irá fazer. Dessa vez seria de verdade, dessa vez eu iria fazer direito. E eu fiz, por um mês.
Primeira pesagem do ano: 118 quilos.
CARALHO! 118? COMO CHEGUEI A ISSO?!
Eu não tinha idéia que tinha chegado a esse ponto...
Estava de férias da faculdade e aproveitei assim que voltei de Vitória-ES (lugar maravilhoso!), dia 10 de janeiro, para começar a mudança de vida.
Mudança de vida, sim, não só de alimentação e tals.

Comecei a caminhar 2 horas por dia (com meu namorado de 65 quilos), a me alimentar direitinho, a cada três horas e tudo mais.

Dia 1º de fevereiro me pesei de novo e WOOOOW! 113 quilos! -5! Uhuuuh! Em uns 20 dias eu consegui eliminar (não perder, porque quem perde, pode achar) 5 quilos. Pra quem não conseguia nem manter o peso, só engordar e engordar... era tudo o que eu precisava!

Resolvi procurar um endocrinologista, pra ver se eu estava fazendo uma dieta realmente saudável, pra fazer alguns exames de sangue e ver se estava tudo bem e etc.
Fui em um médico, um babaca! Nem me perguntou nada, só me cobrou 50 conto para subir em uma balança com uns bracinhos, segurá-los e disso tudo sair em um papel a4 (só frente) um bando de número. Além do meu IMC, que se pode calcular sozinho ou pela internet, vinha minha taxa de gordura e outras coisas que são totalmente abstratas (nada que estava naquela folha, fora o IMC, me convenceu). Além daquela folhinha ele me deu três folhas de pedidos de exames de sangue. Nossa, parece ótimo! Só que não. Toda a conversa que rolou foi:
- Suba na balança.
- Ok.
- Aqui está o resultado da balança. Foram 50 reais isso.
- Queee? Ok, ok...
- Vou lhe pedir esses exames.
- Ok.
- Seu nome é mariana, certo?
- Sim.
- É isso, volte aqui com seus exames prontos.
- É isso?
- Sim, pode sair.

AAAAH TÁ que eu iria voltar em um cara que me tratou como um saco de gordura sem sombra se humanidade.

Joguei tudo fora e liguei pra outro médico.
Cheguei lá toda carregada de preconceitos, por causa do outro médico. Mas ele era um velhinho super simpático, conversou comigo bastante, me passou uma dieta bem parecida com a que estava fazendo, mas com as quantidades e horários marcadinhos. Ele terminou me passando uns exames para fazer, alguns remédios antropofágicos (famosa Weleda) e disse (aí que eu afundei):
- Quem faz a dieta certinha, merece um bombom no fim do dia. Você pode substituir o que está na ceia por um bombom.

Saí toda motivada, comprei os remédios e comecei a fazer tudo direitinho. Veio meu aniversário (7 de fevereiro), desandei um pouco, mas não afundei o pé em nenhum momento. Falei para minha madrasta dos bombons, pedi pra ela comprar uma embalagem (já que ela faz o supermercado aqui em casa e eu já tinha visto embalagens com 6 ou 8 bombons) e ela comprou uma embalagem de 1 quilo. OPS. Não compre uma embalagem de 1 quilo e deixe no armário se você tem uma gorda compulsiva na casa (na verdade tem 2, pois meu pai também é exatamente assim), que está tentando emagrecer.
Até tava tudo bem, até eu cansar, meu namorado querer comer doce e aí tudo voltar quase ao normal.

De lá até aqui se foram apenas 2 quilos, quase 3 meses e 2 quilos. Melhor que nada, mas não era  que eu planejava...

Tentei entrar em um grupo de obesos, não me adaptei, mas tudo bem...

Esses dias tenho assistido vários episódios de "the biggest loser" e lido alguns blogs de pessoas que conseguiram fazer o que eu quero. Decidi fazer esse blog para me lembrar todos os dias do que estou me comprometendo a fazer e para encontrar forças quando estiver aérea.
É uma mudança para a vida toda.

Vai dar certo. Vai sim.

Beijo (:

12 comentários:

  1. Adorei o blog. Torço para que ele seja uma ferramenta para conseguir atingir o objetivo final que eh muito maior que a perda de peso.. eh ficar saudavel.
    Vou acompanhar. Assim poderemos trocar figurinhas.
    Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coloquei o gadget pra seguir, assim é mais fácil a troca (:

      Excluir
  2. não importa quando começamos o que vale é levar isso a sério e entender que as mudanças precisam ser permanentes e que cada um de nós temos um ritmo.

    você já está começando muito bem, parabéns!

    desejo sorte, sucesso e disciplina.


    beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá! Achei seu blog através de um comentário seu no blog da Larissa (Meu Emagrecimento) e, antes de qualquer coisa, preciso comentar como a cor do seu cabelo é DIVINA hahaha, meu sonho de consumo... A propósito, que tintura você usa?

    No mais, aproveita que você é nova (e que perder peso nessa idade é BEM mais fácil), tem um namorado que gosta de você do jeito que você é (diferente de mim, que coloquei na cabeça que eu vou morrer encalhada porque eu sou gorda - e olha que eu nem peso 70 kg) e, né, que já se foram 7 kg... O segredo não é ser perfeita, mas saber continuar mesmo depois de "escorregar". Comeu mais que um bombom? Beleza... Faz a próxima refeição direitinho e tenta evitar que isso aconteça com mais frequência. É por isso que eu não gosto de dizer que eu faço dieta, e sim reeducação alimentar. A gente não engorda 10 kg da noite pro dia e também não vai ser da noite pro dia que vamos estar magras que nem modelos de passarela, vivendo a base de salada e água haha

    Bem, eu consultei uma nutricionista mesmo (quase todas as pessoas que conheço que foram em nutrólogos e/ou endocrinologistas não saíram satisfeitas) e eu sigo um plano alimentar elaborado especialmente pra mim, na hora da consulta, de acordo com meus gostos e meus horários (que são BEM loucos) - com direito a tabela de substituições. Na consulta seguinte (volto a cada três meses), além do peso e das medidas, ela avalia como foi minha adaptação ao plano e nós fazemos as modificações necessárias, se preciso. Pago BEM mais que R$50 haha, mas vale cada centavo o/


    AH: não sei se você conhece, mas uma ótima sugestão de blog é o da Roberta (http://desafioextragrande.com/). O blog dela tamvém é bem recente e ela já conseguiu eliminar quase 10 kg, além de que ela é nova que nem você, também tá na faculdade e é uma fofa!


    :* e boa sorte!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahha o problema não é gastar dinheiro com coisas que ajudem, é que os 50 conto foram inúteis!

      Vou dar uma olhada no blog da Roberta sim!

      Segue o meu ai (:

      Excluir
    2. Ahh! E a tinta é a 8FA da itely com água oxigenada 30.

      Excluir
  4. Oie Mari, vim retribuir a visita é adorei teu canto, a forma como vc fala e tenho certeza de que vc vai conseguir sim, te seguirei!!! grande beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeeeu gata!

      Coloquei o gadget pra ficar mais fácil de seguir!

      beeeijo

      Excluir
  5. Mari, só essa sua vibração com os resultados e essa sua busca incessante por ajuda, já demonstra que vai dar certo!!! Continue fiiiirme que vale a pena!!! Um bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só espero conseguir me manter animada com tudo isso!

      Segue o blog ai!

      beeijo

      Excluir
  6. Nossa história é exatamente igual. Em janeiro prometi que faria diferente e fiz, por um mês. De lá pra cá fiz mil promessas de "amanhã eu começo", mas nenhuma funcionou. Nesta semana resolvi voltar pros eixos e já sinto algumas diferenças, como intestino, inchaço e tô muito motivada, apesar de não ser nada fácil.
    Ainda preciso incluir os exercício em minha vida, mas um passo de cada vez. Estamos juntas nessa, viu?! Beijo

    ResponderExcluir

Ebaa, adoro os comentários!